30 de junho de 2010

Parque das Mangabeiras promove Seminário de Educação Ambiental


Nesta quarta e quinta-feira, dias 30 de junho e 1º de julho, a Fundação de Parques Municipais (FPM) realiza o Seminário de Educação Ambiental, no Centro de Educação Ambiental, no Parque das Mangabeiras (avenida José do Patrocínio Pontes, 580, Mangabeiras). A proposta é apresentar o parque como palco de diferentes pesquisas científicas e de desenvolvimento de programas de educação ambiental e projetos culturais. Além dos técnicos da FPM e da Prefeitura de Belo Horizonte, o seminário é voltado para o público estudantil. O evento será aberto, às 9h. Na sequência, o biólogo do parque, Emilson Miranda, abordará o tema “Biodiversidade: o parque como unidade de conservação, a importância do manejo para a educação ambiental e a presença de extensões universitárias na FPM”.
Em seguida, serão apresentados alguns dos projetos de pesquisa realizados no parque, como Hidrogeologia (professor Antônio Carlos Bertachine), Cavernas (mestranda Kátia Lima) e Nascentes (geógrafo Miguel Fellipe), entre outros. O primeiro dia do seminário será finalizado com uma mesa redonda, mediada pelo jornalista Hiran Firmino, sobre a importância das pesquisas e extensões universitárias na FPM.
Os destaques do segundo dia são os debates sobre os seguintes temas: educação ambiental e combate a incêndios no parque; a apresentação do projeto social Casa Menino no Parque, além do lançamento do Projeto Cultural do Parque das Mangabeiras para o segundo semestre, que será exposto pelo diretor do parque, Neander Oliveira Cesar.

BH tem nova sede de acolhimento à população de rua e aos migrantes


A população de rua passa a contar com um confortável espaço para dormir, cuidar da higiene pessoal e se alimentar. O prefeito Marcio Lacerda entregou nesta terça-feira, dia 29, a nova sede do Serviço de Acolhimento Institucional para a População de Rua e Migrante, localizada na rua Conselheiro Rocha, 351, no bairro Floresta.
A estrutura conta com 37 quartos, 12 banheiros, dois refeitórios, cozinha, auditório, salas de atendimento e pátio externo. Além disso, possui acessibilidade e está preparada para receber pessoas com deficiência. A alimentação será fornecida pelo Restaurante Popular. A capacidade de atendimento é de 400 vagas, sendo 320 para homens acima de 18 anos que vivem nas ruas e 80 vagas para migrantes.
“Toda grande capital tem o problema do migrante que chega e não tem o local para se alojar. O morador de rua tem a alternativa de um ponto provisório para se reintegrar à sociedade, por isso a importância de um espaço como esse”, afirmou o prefeito Marcio Lacerda, que realizou o descerramento da placa de inauguração do equipamento.
A nova sede do Serviço de Acolhimento Institucional para a População de Rua e Migrante representa uma conquista da própria população de rua, por meio do Orçamento Participativo Digital. “O Orçamento Participativo é uma das ferramentas de uma gestão democrática, que tem dado certo em Belo Horizonte e servido de exemplo para outras capitais”, disse Marcio. O imóvel foi cedido à Prefeitura de Belo Horizonte pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedese), na municipalização do Serviço de Atenção ao Migrante. O Serviço poderá ser acessado por demanda espontânea ou através de encaminhamento dos Serviços de Atendimento à População em Situação de Rua e Migrante.
A secretária municipal adjunta de Assistência Social, Beth Leitão, observa a importância da intersetorialidade e das parcerias entre órgãos e políticas públicas para o atendimento à população de rua. “Estamos vendo hoje o resultado de um trabalho coletivo, estamos entregando um equipamento bem estruturado, digno e que certamente terá condições de atender a esses cidadãos de forma mais adequada e respeitosa”, afirmou.  
A equipe que cuida do espaço também aprovou a mudança. “O nosso serviço vai aumentar e isso deixa todos muito animados, já que poderemos fazer um trabalho melhor para o usuário”, disse Bruna Aparecida Rocha, que coordena os serviços gerais.
O técnico em mecânica, Washinton José da Silva, de 51 anos, afirma que já dormiu em abrigos e albergues para a população de rua em todo o país. “Pelo que conheço aqui é o melhor lugar que existe para quem está fora de casa. Aqui tem disciplina, mas só funciona assim”, opinou.

29 de junho de 2010

Saque do abono salarial vai até quarta-feira (30)


Cerca de 17 milhões têm direito ao abono e quem não sacar até a data limite perde direito ao benefício. Para sacar o dinheiro, o trabalhador deve ir até uma agência da Caixa Econômica Federal com a carteira de trabalho ou a identidade. Para servidores públicos, o saque tem que ser feito no Banco do Brasil.
O trabalhador precisa ter cadastro no PIS (Programa de Integração Social) ou no Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) há pelo menos cinco anos e ter trabalhado com vínculo empregatício (carteira assinada) por, ao menos, 30 dias em 2008.
Tem direito o trabalhador que recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais no ano anterior ao calendário - ou seja, R$ 830 por mês em 2008, já que o salário mínimo da época era R$ 415. De 2001 até agora, 99.493.941 brasileiros receberam o abono salarial.
...Fonte: "r7.com"

Brasil goleia o Chile e pega a Holanda nas quartas de final


A seleção brasileira está nas quartas de final da Copa do Mundo da África do Sul, e terá como adversária a forte Holanda. Nesta segunda-feira, a equipe de Dunga confirmou o favoritismo e bateu o Chile por 3 a 0, pelas oitavas, em duelo no estádio Ellis Park, em Johannesburgo - o Brasil nunca perdeu para os chilenos na história dos Mundiais.
Agora é a Holanda. Brasileiros e holandeses possuem uma história de grandes jogos na Copa do Mundo, com uma pequena vantagem verde e amarela. Foram três jogos em Mundiais, com um triunfo para cada lado e um empate. O primeiro jogo aconteceu na Copa de 1974, e os holandeses venceram por 2 a 0, resultado que tirou as chances do Brasil de chegar à final.
Fonte: "Jornal Hoje em Dia"

Obras no Mineirão avançam para cumprir calendário da Fifa



Foi assinada no sábado, dia 26, em solenidade realizada no hall principal do estádio Governador Magalhães Pinto, o Mineirão, a ordem de serviço que autoriza o início imediato da segunda etapa das obras que visam modernizar o estádio e adequá-lo às exigências da Federação Internacional de Futebol (Fifa) para que, em 2014, quando será realizada a Copa do Mundo no Brasil, o Mineirão esteja em plenas condições de sediar jogos da competição.
Em celebração aos 45 anos do estádio, várias personalidades foram homenageadas, entre elas representantes das mais importantes equipes que já passaram pelo gramado do Mineirão, como Cruzeiro, Atlético e América, os primeiros jogadores a marcarem gols no estádio com a camisa destes três clubes, o primeiro funcionário, França, jornalistas e cronistas esportivos, entre outros.
O prefeito Marcio Lacerda recordou a inauguração do estádio, em setembro de 1965, quando esteve presente. O jogo, entre a Seleção Mineira e o River Plate, da Argentina, teve um público superior a 73 mil espectadores e terminou com a vitória mineira por 1 a 0, gol do jogador do Atlético, Buglê. “Estamos dando adeus a este jovem de 45 anos que eu vi nascer, quando aqui estive na partida inaugural. É uma despedida por tempo limitado, mas com muita alegria, porque ele vai renascer belíssimo, como um dos melhores, senão o melhor, estádio do Brasil”, afirmou Marcio.
A primeira etapa de obras, quando foram realizados serviços de manutenção e correções na estrutura do Mineirão, já foi encerrada. Pelo fato de já ter iniciado a segunda etapa, na qual serão realizados serviços de escavação que permitirão o rebaixamento do campo, demolição de parte das arquibancadas inferiores, construção de escritórios e reforma dos banheiros e vestiários, Belo Horizonte e Minas Gerais cumprem integralmente com o cronograma de obras apresentado à Fifa no ano passado, visando à consolidação da capital como uma das principais sedes da Copa das Confederações em 2013 e da Copa do Mundo de 2014.

As mudanças no Mineirão

Campo – Será rebaixado 3,5 metros para garantir a visibilidade dos torcedores a partir de qualquer lugar do estádio. Uma cobertura para reduzir incidência de luz solar no gramado será instalada.

Estacionamento – Terá 3.798 vagas, sendo 3.054 cobertas.

Entorno – Uma grande esplanada de aproximadamente 70 mil metros quadrados circundará todo o estádio e terá capacidade para abrigar 130 mil pessoas.

Passarela – Será construída uma passarela ligando o Mineirão ao Mineirinho, que será usado como centro de apoio às atividades da Copa.

Imprensa – Uma grande estrutura que poderá receber até 1.800 profissionais será montada no local, com acesso à internet, estúdios, sala de conferência, zona mista e área para entrevistas.

Ingressos – Serão eletrônicos e comercializados em 56 guichês de atendimento. As 173 catracas permitirão a entrada de todo o público em menos de uma hora.

Vestiários – Os vestiários e demais áreas reservadas a atletas e juízes terão acesso direto e exclusivo para a rua, sem que haja contato com imprensa ou espectadores.

Segurança – Sistema de segurança videodigital será implantado.

Telão – Dois telões de última geração, com dimensões de 12 x 6,8 metros serão instalados no estádio.

Subsolo – Receberá o escritório da Fifa, vestiários e demais instalações para os atletas.

Nível 1 – Área reservada para camarotes e apoio técnico. Sala de controle de som, iluminação e placares. Postos policiais com acesso independente com vista ampla para o estádio.

Nível 2 – Sanitários e áreas de alimentação que atenderão toda arquibancada superior. A tribuna de imprensa também ficará nesse nível.

28 de junho de 2010

Hospital Metropolitano começa a sair do papel


O projeto do Hospital Metropolitano do Barreiro tem mais uma etapa consolidada. O prefeito Marcio Lacerda e o governador do Estado, Antônio Anastasia, assinaram a ordem de serviço para início das obras do empreendimento. A unidade, que será construída na rua Dona Luiza, 311, no bairro Milionários, receberá investimentos de cerca de R$ 150 milhões. A primeira fase está orçada em R$ 60 milhões, sendo R$ 40 milhões do Tesouro Estadual e R$ 20 milhões da Prefeitura.
Como destacou o prefeito Marcio Lacerda, o empreendimento será um importante polo de atendimento não só para os moradores do Barreiro, mas para a região metropolitana e toda a capital. “Esse hospital será uma âncora importante de todo o sistema de saúde. Será uma belíssima unidade, em todos os aspectos: tecnológico, arquitetônico, organizacional e de todos os tipos de serviços ofertados”, pontuou, ao assinalar, ainda, o apoio do Ministério da Saúde no projeto.
A unidade estará preparada para o atendimento de urgência e emergência, internações em clínica médica e cirúrgica, em todos os níveis de complexidade, em 24 horas, todos os dias da semana. “Aqui vai ser feito um hospital totalmente moderno, mais avançado. Uma unidade completa. Vamos ter todos os serviços de saúde plenos para atender bem”, observou o governador Anastasia. A obra é bem aceita pela dona de casa Maria Selma Pereira de Souza, 60 anos, moradora do bairro Urucuia. “A comunidade aprovou e abraçou o projeto. Vai ser um reforço excelente no atendimento à saúde”, disse.


Edificada em uma área de 35 mil metros quadrados, próxima à Via do Minério, a unidade está prevista para começar a funcionar no primeiro semestre de 2012. O hospital terá capacidade para atender, em média, de 400 a 500 pacientes por dia e realizar 1.050 internações mensais. O prédio de 13 andares contará com 320 leitos, dos quais 40 são da Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) e 40 de observação no Pronto Socorro.
A unidade contará com ambientes humanizados e flexíveis, prevendo visita aberta e direito a acompanhantes. As enfermarias terão dois leitos, com previsão para acompanhante. Todos os ambientes assistenciais e de apoio serão informatizados e também haverá uma área para educação permanente e formação profissional. A unidade tem proposta ecológica, com reutilização de 50% da água.
...Fonte: "Prefeitura de BH"

24 de junho de 2010

Fontes quase centenárias da Praça da Liberdade passam por restauração


A atraente moça, que desde a década de 20, encanta os visitantes da Praça da Liberdade em Belo Horizonte com o puro gesto de ver o seu reflexo no espelho d´água, promete ficar ainda mais charmosa. A partir desta quinta-feira (24), a tradicional peça, esculpida em mármore e batizada de “Moça Mirando Espelho D’Água”, começa a ser restaurada, inclusive, providenciando-se a reintegração do seu braço, quebrado há dois anos por vândalos.
Além dela, a "Fonte dos Desejos", ou "Três Graças", também será recuperada. E a grande novidade é que os frequentadores poderão interagir e acompanhar todo o trabalho dos restauradores, no chamado Ateliê Vitrine.
O Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha/MG) coordenará o projeto, que tem investimentos de R$ 34.728. A intenção da entidade é a de aproximar o público da equipe de restauradores, chefiada pela italiana Marta Plaza, atentando para a riqueza de detalhes da minuciosa intervenção.
“Retiraremos parte dos tapumes em torno das fontes e colocaremos telas. Assim, as pessoas terão a oportunidade de se envolver e conhecer de perto como é realizado um restauro, tirando as suas dúvidas, na medida do possível, direto com os próprios profissionais”, conta o diretor de Conservação e Restauração do Iepha, Renato César de Souza.

PBH garante fontes em boas condições

Apenas as praças da Região Centro-Sul e os parques municipais reúnem mais de dez fontes. A Prefeitura de BH esclarece que as peças estão em boas condições, recebendo constantes ações de manutenção e limpeza. Quanto à água utilizada, a Copasa explica que, nos locais de sua competência – os parques tornam-se responsáveis se a água vier de nascentes -, instala hidrômetros e faz o tratamento para evitar possíveis contaminações.
...Fonte: "Jornal Hoje em Dia"

Superlotação e imprudência podem ter causado atropelamento de trem que matou 12 na Espanha


Testemunhas afirmam que passageiros cruzaram ferrovia porque passagem estava cheia

Uma testemunha do acidente de trem que matou 12 pessoas na Espanha na noite desta quarta-feira (23) disse que a superlotação da estação de Castelldefels Playa, próxima a Barcelona, no nordeste do país, pode ter causado o atropelamento de um grupo de passageiros.
Marcelo Carmona, boliviano que aguardava para sair de um dos trens com a família, disse que a passagem de saída da estação estava "abarrotada", o que fez com que muitas pessoas fossem para a via férrea.
Após deixarem o trem em que estavam, as vítimas foram atingidas por outra composição em alta velocidade. Além dos 12 mortos, o acidente deixou ao menos 14 pessoas feridas, na maioria jovens que comemorariam as festividades de San Juan nas praias da região. Cinco das vítimas estão internadas em estado grave, de acordo com o jornal El País.
Testemunhas da tragédia disseram à agência Efe que os passageiros foram atropelados quando cruzavam as vias por um lugar proibido, após terem chegado à estação em outro trem.
Carmona diz que a passagem subterrânea por onde os passageiros deveriam sair ficou rapidamente lotada.
- O trem no qual íamos estava muito cheio de gente, centenas de pessoas, sobretudo jovens e adolescentes.
De acordo com a testemunha, o condutor do trem de alta velocidade ainda tentou tocar a buzina para alertar as pessoas que estavam na via.
- Eu estava com minha família e fiquei para trás quando abriram as portas. Os jovens saíram rumo à passagem subterrânea, mas ela é muito estreita e ficou lotada rapidamente. Então várias pessoas invadiram as vias. O trem chegou a toda velocidade, tocou a buzina várias vezes e, em poucos segundos, tudo estava cheio de corpos.
De acordo com Carmona, única maneira de atravessar a estação em direção à praia onde acontecia a festa era uma "estreita passagem subterrânea", pois a passarela da estação - uma passagem elevada - estava fechada.
...Fonte: "r7.com"

Últimos dias para inscrições do Olhar Pampulha

 O concurso fotográfico vai premiar as melhores imagens de profissionais e amadores

 Sexta-feira, dia 25 de junho, é o último dia para se inscrever no concurso fotográfico Olhar Pampulha que vai premiar os melhores fotógrafos profissionais e amadores. Com apoio da Globo Minas e da Aforc Minas, o concurso é promovido pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur, com o objetivo de incentivar a divulgação e o uso do espaço público dessa região que é referência e cartão postal da cidade.
As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas via correio. Cada participante poderá se inscrever em apenas uma das duas categorias, profissional ou amador, com até três fotografias inéditas (originais ou de arquivo). Máquina profissional, amadora, digital, analógica, ou até mesmo o celular pode ser utilizado para registrar alguma imagem da Pampulha. Para participar, é preciso apenas soltar a imaginação, pois o tema é livre, paisagem, meio ambiente, elementos arquitetônicos, atrativos turísticos, moradores ou visitantes podem ser destacados.
As 50 melhores imagens ganharão uma exposição, exclusiva para o concurso, na Casa do Baile a partir do dia 22 de julho, data da premiação e lançamento da exposição. Em seguida, elas ganharão o hall da rodoviária de Belo Horizonte, onde todos os passageiros poderão ter acesso e conhecer melhor esses talentos da fotografia.
Serão premiados os três primeiros lugares em cada categoria, recebendo os profissionais os prêmios em dinheiro, respectivamente: R$ 5 mil, R$ 3 mil e R$ 2 mil; e os amadores, prêmios como máquina fotográfica e viagens. Já os classificados em quarto e quinto lugar receberão menção honrosa.
Os interessados devem ler o regulamento, preencher a ficha de inscrição, assinar o termo de autorização de imagem e enviar para AFORC Minas. Todas informações estão no regulamento do concurso. As dúvidas podem ser esclarecidas pelo (31) 3879.8874.
O regulamento está disponível no www.pesquisabelotur.com.br/concurso_fotografico

PREMIAÇÃO
Categoria Profissional:

1º lugar: R$ 5.000,00
2º lugar: R$ 3.000,00
3º lugar: R$ 2.000,00
4º lugar: Menção Honrosa
5º lugar: Menção Honrosa

Categoria Amador:

1º lugar: Máquina Fotográfica Canon EOS XSI c/oj. Canon 18-55, 1 diária de hospedagem para 2 pessoas no hotel Ouro Minas Belo Horizonte e jantar para 2 pessoas no restaurante Matusalém

2º lugar: 1 diária de hospedagem para 2 pessoas no hotel Othon Palace Belo Horizonte e jantar para 2 pessoas no restaurante Maria das Tranças

3º lugar: 1 diária de hospedagem para 2 pessoas no hotel Dayrell Belo Horizonte e jantar para 2 pessoas no restaurante Xico da Kafua.

4º lugar: Menção Honrosa

5º lugar: Menção Honrosa

SERVIÇO
Concurso Fotográfico Olhar Pampulha
Prazo de Inscrições: 25 de junho (próxima sexta-feira)
Premiação e abertura da exposição na Casa do Baile: 22 de julho
INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA
Rúbia Lage (31) 3277.9712


23 de junho de 2010

Inscrições para curso sobre contas eleitorais foram prorrogadas


As inscrições para participar do curso promovido pelo TRE-MG sobre contas de campanha foram prorrogadas até esta quarta-feira (23). Os interessados devem se inscrever pelo site do TRE, no endereço:
As vagas são limitadas. Como houve várias alterações nas prestações de contas de campanha para as eleições 2010, a Escola Judiciária Eleitoral (EJEMG) e a Secretaria de Controle Interno (SCI) do TRE promovem, nesta quinta-feira (24), um treinamento destinado aos representantes dos partidos políticos, Assembleia Legislativa, Câmara Municipal, advogados, contadores e administradores de campanha. O foco são as normas aplicáveis e o Sistema de Prestação de Contas (SPCE), que deve ser utilizado pelos candidatos, comitês e partidos.

Em frente ao computador

Como evitar problemas de coluna e dores no pescoço


Presente na vida de boa parte dos brasileiros, o computador tornou-se uma ferramenta fundamental nos dias de hoje. Seja para uso profissional ou para diversão, pessoas de todas as idades passam cada vez mais tempo sentadas em frente ao monitor e, às vezes, nem se lembram dos cuidados que devem ter com a postura. “É aí que pode começar uma série de problemas, como dores nas costas e torcicolo, por exemplo. O corpo humano não foi feito para ficar sedentário por muitas horas seguidas”, diz o quiropraxista Jason Gilbert, autor do livro "O Segredo da Coluna Saudável – Siga os passos para uma vida sem dor", lançado pela Editora Gaia.

Postura

Os equipamentos utilizados, como cadeira, mouse e monitor, devem ser posicionados de acordo com a estatura de quem está usando. “O mouse deve ficar na mesma altura do teclado e a cabeça deve ser mantida ereta, com a altura dos olhos um pouco acima do ponto médio do monitor. É fundamental adequar a altura da mesa e a posição do computador de acordo com a sua altura, para não ter que esticar demais os braços e o pescoço. A cadeira deve ser de boa qualidade, com a parte traseira rígida e imóvel, que não se move para trás e nem para frente conforme o movimento da pessoa. A altura deve ser adequada para permitir que os pés fiquem no chão e não suspensos no ar, ter 90 graus entre a panturrilha e a coxa da perna e apoio para os braços. Os ombros devem ficar numa posição relaxada e não elevados”, diz.

Movimente-se

A regra número 1 para quem passa horas e horas sentado é, de acordo com o especialista, movimentar-se a cada 40 minutos. “Dois minutos de caminhada no corredor da empresa ou no jardim de casa já bastam para manter a coluna no lugar. Alongamentos também ajudam”, aconselha.
Para compensar o sedentarismo do dia a dia, Gilbert frisa a importância de adotar o exercício físico. “Não podemos nos acomodar. Nossa saúde e qualidade de vida têm que ser sempre prioridade, portanto, caminhar já é um exercício excelente para compensar o tempo que passamos sedentários, e exercícios de alongamento são benéficos para compensar pelo tempo que passamos flexionados, com os músculos encurtados”, finaliza.

O que é a Quiropraxia?

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a Quiropraxia dedica-se à prevenção, diagnóstico e tratamento de problemas nas articulações, músculos, tendões, nervos e outras estruturas, e de seus efeitos sobre o sistema nervoso e a saúde em geral. Ela resolve problemas sem cirurgia ou medicamentos, através de vários métodos terapêuticos, em especial a manipulação ou ajustamento articular.
...Fonte: "Arca Universal"

Museu das Minas e do Metal aberto ao público


Está oficialmente aberto ao público desde a tarde desta terça-feira (22) o Museu das Minas e do Metal, segunda das seis atrações prometidas para ocupação dos prédios das antigas secretarias de Estado da Praça da Liberdade - no mês passado foi inaugurado o Espaço Tim/UFMG. Ao longo do último mês o museu passou por um período de testes, recebendo grupos fechados de alunos e pesquisadores. Espaço é dedicado aos metais, sua exploração, história e funções atuais, e foi concebido pelo museólogo Marcello Dantas, o mesmo do Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo.
O resultado é que, assim como o “primo” paulistano, o Museu é uma obra viva, com vários equipamentos tecnológicos, mais parecidos a videogames interativos que a peças de museus tradicionais. Praticamente todos os objetos podem ser manuseados pelos usuários, o que promete ser um prato cheio para excursões de alunos. Para marcar a abertura acontece, até quinta, uma exibição de luzes na fachada do prédio, sempre das 20 às 21h30.
De acordo com a coordenação do Museu, o horário de funcionamento durante a semana de abertura é das 12 às 21horas. A partir da próxima segunda-feira, funcionamento das 12 às 18 horas. Na sexta-feira, quando o Brasil enfrenta Portugal pela Copa do Mundo, o Museu abre às 14 horas, e vai até as 18 horas. A entrada é franca até o dia 30 de junho. A partir de 1º de julho, R$ 6 inteira e R$ 3, para estudantes e idosos.
“É muito lindo. Uma preciosidade. Não sabíamos que encontraríamos isso aqui”, disse o turista peruano Ricardo Escudero, 65 anos, um dos 20 integrantes do primeiro grupo a entrar no prédio, pouco depois do meio-dia.
O grupo de senhores de várias cidades do Peru se maravilhou com amostras de pedras em 3D (imagens projetadas a partir do jogo de luz), uma balança que dá o peso de cada metal no organismo e uma tabela periódica onde é possível, com um toque dos dedos, “arrastar” elementos e combiná-los, formando ligas metálicas e gases. O programa traz informações sobre cada um dos centenas de compostos que podem ser formados pelo visitante.
Para a turista peruana Cecilia Barreto Alvaredo, de Trujillo, o museu em si é uma razão para o grupo voltar a BH. “Vou recomendar aos amigos. É informativo, mas também muito divertido”, garantiu. Entre as atrações preferidas da visita, a bancária peruana cita uma projeção sobre a lapidação de pedras preciosas. O mineral bruto é projetado sobre uma tela de pano. Ao passar a mão sobre a tela, que se deforma ao toque, o mineral é “polido”, graças ao programa de computador.
Outra atração que gerou disputa entre a primeira excursão é um elevador virtual, onde o imperador Dom Pedro II e a imperatriz Tereza Christina descem até o fundo da Mina de Morro Velho, em Nova Lima (MG), a primeira e maior mina de ouro do país, que era explorada pelos ingleses. Os visitantes podem acompanhá-los em grupos de quatro pessoas.
O prédio atualmente ocupado pelo Museu das Minas e do Metal foi inaugurado em 12 de dezembro de 1897, juntamente com a nova capital do Estado, que então ainda se chamava Cidade de Minas.
A transformação em Museu foi bancada pela mineradora MMX. Entre acervo virtual, imagens cenográficas, atrações interativas e projeto educativo, o investimento foi de R$ 25 milhões. O prédio é tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha), que acompanhou cada adaptação e restauração de perto. Pinturas originais, piso e escadarias metálicas foram totalmente reformadas, e são mais uma atração da visita. A área conta com 6 mil m², 18 salas de exposição e 44 atrações com efeitos especiais. Inaugurado em 22 de março, gerou 600 empregos diretos na obra.

...Fonte :"Jornal Hoje em Dia"

PBH e Governo do Estado dão início à ampliação do Boulevard Arrudas

O prefeito Marcio Lacerda e o governador Antonio Anastasia assinam nesta quarta-feira, dia 23, no Salão Nobre da Prefeitura (avenida Afonso Pena, 1.212, 2º andar, Centro) as ordens de serviço para as construções de Viaduto na interseção da avenida Abraão Caram com avenida Antônio Carlos, com previsão de término para o primeiro semestre de 2011, e um Boulevard sobre o Arrudas no trecho entre a rua dos Carijós e avenida Barbacena, previsto para o segundo semestre do ano que vem.
As obras estão orçadas em cerca de R$ 100 milhões e fazem parte Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Mobilidade/Copa.

22 de junho de 2010

Mais segurança para a população


O prefeito Marcio Lacerda assinou nesta segunda-feira, dia 21, em solenidade realizada no Slão Nobre da Prefeitura, convênio com o superintendente da Polícia Federal de Minas Gerais, Jerry Antunes de Oliveira, que autoriza a Guarda Municipal de Belo Horizonte a portar armas de fogo. A assinatura do convênio cumpre um dos dez requisitos previstos no Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826, de 22 de dezembro de 2003) e na legislação complementar que trata sobre registro, posse e comercialização de armas de fogo e munição no Brasil.
O armamento que será usado pela Guarda Municipal foi comprado em 2006. São, ao todo, 300 revólveres calibre 38, 50 pistolas 380 e 13.382 munições. Durante este período, todo o contingente da instituição, formada por 1.850 guardas, recebeu treinamento para utilizar o material. O secretário municipal de Segurança Urbana e Patrimonial, Genedempsey Bicalho afirmou, no entanto, que ainda não há previsão para que os guardas passem a portar armas de fogo, uma vez que a assinatura deste convênio representa o cumprimento de uma etapa de todo o processo burocrático para que efetivamente tenhamos guardas municipais armados em Belo Horizonte.
O prefeito Marcio Lacerda disse que considera importante ressaltar que a Prefeitura está tomando todas as medidas legais e cumprindo todas as partes do processo para armar seus guardas, como a assinatura do convênio com a Polícia Federal, que é “o órgão que tem a obrigação legal de fiscalizar este tipo de concessão de porte de armas”. Sobre os critérios que serão usados para distribuir as armas, Marcio disse que “a Guarda Municipal, sendo uma guarda patrimonial, atua em determinados locais em que a integridade física dos agentes e, eventualmente, de outras pessoas, está em risco, como, por exemplo, alguns parques municipais.
Marcio destacou também que, recentemente, um guarda sofreu um ataque de arma de fogo e, felizmente, não se feriu gravemente por estar usando um colete à prova de balas no momento dos disparos. “Então, nada mais natural que, tendo homens muito bem treinados e escolhidos, inclusive através de análises de perfis psicológicos, alguns deles possam usar armamento. Claro que, em situações muito especiais”, complementou Marcio.

Armas não letais

Além das armas de fogo, a Guarda Municipal está providenciando também a aquisição de armas não letais, como equipamentos de choques elétricos. O coronel Genedempsey afirmou, no entanto, que ainda é cedo para que se possa afirmar exatamente onde estarão os guardas que portarão cada tipo de armamento, embora haja a previsão de que, devido à necessidade recorrente, escolas e postos de saúde tenham prioridade para o uso de armas letais.
...Fonte: "Prefeitura de BH"

21 de junho de 2010

Inscrições do Enem são antecipadas


O período de inscrições vai até 9 de julho. Os candidatos devem fazer os pedidos pela internet, através do site do Inep (www.enem.inep.gov.br). É necessário preencher um formulário no site informando dados pessoais, como nome, endereço e telefone; o idioma que quer responder na prova (inglês ou espanhol), se o Enem vai valer para certificação do ensino médio e se é necessário atendimento especial (como carteiras adaptadas para pessoas com deficiência).
A taxa sai por R$ 35, e é pagável em qualquer agência do Banco do Brasil. Quem for aluno de escola pública está isento do valor. Já quem for aluno de escola particular com bolsa ou puder atestar pobreza pode pedir a isenção. Haverá uma edição especial do Enem para presos e internos de unidades como a Fundação Casa.
O cartão que confirma a inscrição vai ser enviado via correio para os candidatos, e pode ser obtido também pela web, através do site do Enem. Ao se inscrever, o estudante preenche o questionário socioeconômico via internet - não haverá mais a necessidade de fazê-lo na hora da prova.

Veja como prevenir e combater as doenças do inverno



O inverno brasileiro começa nesta segunda-feira (21) e com ele chegam dias mais gelados e secos. Essa mudança de temperatura é um prato cheio para o surgimento da gripe e alergias, além de outros problemas como ressecamento da pele e dores nos ossos já fraturados.

Como evitar a gripe

Lavar sempre as mãos e evitar levá-las ao nariz e à boca quando estiverem em lugares com grandes aglomerações, orienta o infectologista.
Outra questão é que durante o inverno ocorre a inversão térmica, aumentando o número de poluentes no ar, que favorece crises de renite e asma. Pessoas com Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica, que diminui a capacidade respiratória, também apresentam pioras nesses dias, geralmente mais secos. Para os dias de umidade mais baixa, inferior a 40%, a dica é tomar muita água, usar um umidificador de ar e usar soro fisiológico na região dos olhos e do nariz, segundo o pneumologista Ciro Kirchenchtejn, de São Paulo. Também é bom evitar fazer exercícios em ambientes abertos, onde o corpo libera mais água.
Outro alerta do especialista é a manutenção periódica do ar-condicionado já que o aparelho acumula poeira, bactérias e fungos.
- É aconselhável fazer uma manutenção periodicamente, tanto no ar-condicionado do carro quanto de ambientes, pois ele pode ser a causa de problemas respiratórios, como a renite.

Cuidados com a pele e com as articulações

Durante o inverno a pele tem uma tendência a ficar mais ressecada por causa da baixa umidade do ar. Para evitar que ela perca a umidade de sua superfície é recomendado usar água morna e fazer banhos menos demorados. O dermatologista Leonardo Abrucio Neto recomenda o uso de sabonetes de glicerina ou infantis, que são menos agressivos à pele, além de manter o uso do protetor solar no inverno.
- Mesmo com o frio é preciso tomar cuidados com os raios solares, o uso do protetor nos passeios a céu aberto é indispensável.
Com a mudança de temperatura, principalmente nos dias mais frios, as pessoas podem sentir dores em ossos onde já sofreram alguma fratura. Isso ocorre, de acordo com o ortopedista Alberto Croci, porque existe uma alteração na pressão atmosférica quando o clima muda.
Quando o osso quebra, ele sofre uma remodelação óssea, onde ocorre um processo inflamatório que pode durar de um a quatro anos, dependendo da fratura. Quando há alteração na pressão atmosférica, há aumento do fluxo sanguíneo nessa região, causando dor, explica o ortopedista.
- Para abrandar essas dores a pessoa pode fazer uso de um analgésico comum, gelo de duas a três vezes ao dia, por no máximo 15 minutos, nos joelhos e cotovelos, e usar calor local se tiver algum espasmo muscular para relaxamento do músculo.
...Fonte: "r7.com"

Inverno começa com as temperaturas mais altas em Belo Horizonte

O Inverno começou oficialmente às 8h29 desta segunda-feira (21) e promete ser mais quente. Desde o sábado (19), as temperaturas subiram e, no domingo (20), último dia do Outono, casacos mais pesados não saíram do guarda-roupa.
O meteorologista do Clima Tempo, Ruibran dos Reis, ressaltou que o Inverno deste ano terá temperaturas mais elevadas, mas com a umidade relativa do ar baixa. As chuvas poderão ocorrer em regiões isoladas.
“Tivemos um Outono atípico por causa de seis massas de ar polar que chegaram ao país. Em função dessas massas, as temperaturas baixaram muito”, disse o meteorologista. Pelos seus cálculos, desde 1985 não havia feito tanto frio como ocorreu no último Outono.
Reis ressalta ainda que a passagem rápida do fenômeno El Niño para La Niña pode ter contribuído para as temperaturas terem baixado tanto em pleno Outono.
A temperatura mínima prevista para esta segunda em Minas Gerais é de 5 graus em Poços de Caldas, e a máxima, de 27 graus em Varginha, ambas no Sul de Minas. Na capital, a mínima prevista é de 13 graus e a máxima, de 28 graus.
Os cuidados devem ser redobrados nesta época do ano por causa da umidade relativa do ar, que poderá ficar abaixo de 30%, o que significa estado de atenção. O ar mais seco pode provocar sangramento no nariz e agravar alergias devido ao ressecamento das vias respiratórias. Além da hidratação com líquidos, os especialistas recomendam a colocação de recipientes com água nos quartos.
Quem pratica atividade física ao ar livre nesta época do ano deve evitar os horários entre 11 e 15 horas. Isso por que o sol se torna mais forte, o que pode provocar até mesmo insolação.
...Fonte: "Jornal Hoje en Dia"

18 de junho de 2010

Escolas públicas pagam segurança terceirizada contra pichadores


Alvo constante de pichações e todo tipo de vandalismo, os prédios públicos pedem segurança redobrada. Um dos exemplos é o Instituto de Educação (Iemg), na Região Hospitalar, cujas paredes estão tomadas por cartazes ilegais e pichações. neste sábado (19), sua fachada passará por um “despiche”, com a ajuda de alunos e populares.
Na mesma região, o Grupo Escolar Pedro II tem segurança 24 horas e, depois de reformado, segue intacto. Os dois são guardados por segurança terceirizada contratada pela Secretaria de Estado da Educação. Por seu lado, a polícia faz operações para conter a ação dos vândalos.
O contraste pela dimensão dos prédios é gritante. Enquanto o grupo escolar, com área de 4.723 metros quadrados, cuja reforma demorou dois anos e foi entregue aos alunos em março deste ano, é vigiado por 16 seguranças por 24 horas, o Instituto de Educação, com 13.499 metros quadrados, tem apenas oito, com revezamento. Durante o dia apenas um trabalha para cuidar de milhares de alunos e tomar conta do prédio.
A secretaria não soube informar quantas escolas no Estado possuem segurança terceirizada, mas adiantou que só aquelas consideradas de risco e que tenham prédios tombados, contam com o serviço. Segundo informação de uma grande empresa especializada em segurança patrimonial, um vigilante custa em média R$ 2 mil mensais e que no caso do Iemg seriam necessários cerca de 25 para cobrir toda a área.
Enquanto o Estado conta com segurança particular, além da Polícia Militar, que dá apoio, a prefeitura tem a Guarda Municipal para cuidar dos prédios da cidade e entre eles as escolas. São 1.850, que contam com viaturas e motos e que também trabalham em regime de 24 horas, em algumas escolas. A corporação é responsável também pela catalogação de pichadores. São mantidos em seus arquivos mais de 3 mil fotografias de rabiscos e desenhos, com a suposta identificação dos autores.
Se alguns prédios públicos não contam com segurança ideal, a saída é tentar conscientizar a população de como preservar e cuidar deles. Iniciativas como o Movimento Respeito por BH tentam recuperar áreas atacadas port vândalos.
Neste sábado, a partir das 9 horas, acontece mais uma ação de “despiche”, justamente no Instituo de Educação para limpar os muros da escola, que é tombada pelo Patrimônio Público e cuja arquitetura data da época da construção de Belo Horizonte. O movimento conta com o trabalho em conjunto da Secretaria Municipal de Segurança, Guarda Municipal, Ministério Público Estadual (MPE), Polícia Militar, Polícia Civil e alguns setores da sociedade civil. Os alunos e ex-alunos prometem deixar a fachada do prédio limpo e todo o material usado, será doado pela iniciativa privada.
Na quinta-feira (17), a Delegacia de Meio Ambiente realizou, com apoio de policiais de outras delegacias, a Operação BH Limpa 2, para prender e indiciar pichadores identificados na Capital e Região Metropolita. Foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão, com 12 conduzidos. Entre eles, sete suspeitos de terem pichado o Pirulito da Praça 7, na semana passada.
Além dos detidos, foi apreendido material utilizado nas pichações, como tinta, sprays, placas, bandeiras, pincéis, fotografias, camisas com estampas pichações, cadernos de anotações e computadores que registravam a ação dos suspeitos. Os conduzidos irão responder a inquérito por crime contra o meio ambiente e dano ao patrimônio público e privado. A pena pode ser de prestação de serviços, reparação do dano e multa que varia de R$ 1 mil a R$ 50 mil. Denúncias sobre vandalismo podem ser feitas pelo telefone 181, o Disque Denúncia.
...Fonte: "Jornal Hoje em Dia"

17 de junho de 2010

Prefeitura promove ação de despiche no Instituto de Educação


A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Regional Centro-Sul e da Guarda Municipal, em ação integrada com as polícias Militar e Civil, promove no sábado, dia 19, a partir das 9h, uma grande mobilização para o despiche do muro do prédio do Instituto de Educação de Minas Gerais (rua Timbiras, Funcionários).
O objetivo é sensibilizar a sociedade civil para a importância de se manter as fachadas das edificações públicas e privadas limpas, assim como os espaços e os equipamentos públicos, além de alertar os cidadãos para os prejuízos que a pichação gera para toda a cidade, cuja conduta é tipificada como crime.
O evento deste sábado contará com o apoio dos ex-alunos do Instituto de Educação de Minas que, com pincel e tinta nas mãos, pintarão o muro dessa unidade educacional. Na ocasião, também haverá a apresentação da Banda da Guarda Municipal e da Fanfarra do Instituto de Educação de Minas. A ação de despiche é uma das atividades propostas pelo Movimento Respeito por BH e são executadas pela própria sociedade.

Sem Morumbi, Mineirão é cotado para abertura da Copa


O final da novela Morumbi, que nesta quarta-feira foi oficialmente descartado pelo Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2014 (COL) e a Federação Internacional de Futebol Associado (Fifa), como um dos 12 estádios que receberão jogos do próximo Mundial, não altera o planejamento de Belo Horizonte, rival de São Paulo na briga por receber o jogo de abertura da competição. Quem garante é Tiago Lacerda, presidente do Comitê Executivo da Copa 2014 de Belo Horizonte.
“Para a gente não muda absolutamente nada o veto ao Morumbi. O nosso trabalho continua o mesmo, de gestão integrada com o Núcleo Gestor das Copas do Governo do Estado. Continuamos levando adiante os projetos do Mineirão, de mobilidade, de expansão da rede hoteleira, entre outros”, afirmou.
Exatamente às 13h42 (de Brasília) desta quarta-feira, a CBF postou, em sua página oficial na internet (www.cbfnews.com.br), uma curta nota em que informava que o COL e a Fifa tinham decidido pela exclusão do Morumbi do projeto da Copa do Mundo de 2014.
Segundo o comunicado, a decisão foi tomada porque o Comitê da Cidade de São Paulo não entregou ao COL e à Fifa as garantias financeiras referentes ao projeto Morumbi, que tinha sido aprovado em 14 de maio. O estádio necessitaria de investimentos de R$ 630 milhões para ficar apto a receber jogos do Mundial. Mas o São Paulo, dono do estádio, não conseguiu garantias bancárias para o empréstimo de R$ 400 milhões que será feito pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
O clube resolveu, então, apostar em um projeto de valor bem mais baixo, em torno de R$ 260 milhões, mas, como era a sexta mudança de planos no estádio paulista, o COL e a Fifa resolveram nem analisar a nova proposta. Nesta quarta, foi feito apenas uma confirmação do que já era do conhecimento de todos. No final de junho, o presidente da delegação brasileira na África do Sul e do Corinthians, Andrés Sanches, já tinha afirmado ao HOJE EM DIA que a abertura da Copa do Mundo de 2014 não seria no Morumbi. Mas o dirigente garante que a partida será em São Paulo, em um estádio que será erguido em Pirituba, na Zona Norte da capital.

Estreia do Brasil adiou anúncio

O anúncio da exclusão do Morumbi da Copa do Mundo de 2014 só não foi feito na última terça-feira pelo COL e a Fifa porque o Brasil estreava no Mundial da África do Sul e foi considerado que não era o dia ideal para divulgar um medida de tanto impacto negativo na maior cidade brasileira.
A batalha de São Paulo agora é contra o tempo. O projeto de uma arena em Pirituba, com um grande centro de convenções ao lado e muita área livre para estacionamento realmente existe. Mas faltam menos de quatro anos para a Copa do Mundo de 2014 e, se a cidade quiser receber jogos da Copa das Confederações de 2013, precisa ter seu estádio concluído até dezembro de 2012.
Isso não deixa de ser um ponto positivo para Belo Horizonte. “Realmente, estamos bem mais adiantados, pois a obra do Mineirão, por exemplo, já está entrando na segunda etapa. A terceira e última deve ter a licitação publicada após o Mundial da África do Sul. Em São Paulo, por mais que exista um projeto, eles terão que começar do zero”, avalia Tiago Lacerda, que, mesmo assim, acredita na capacidade e competência paulista para erguer a arena.
Na Casa Brasil, onde participou nesta quarta do lançamento de um livro, o ministro dos Esportes, Orlando Silva Júnior, lamentou a situação vivida por São Paulo, seu domicílio eleitoral: “Fico triste que a novela do Morumbi tenha esse desfecho, depois de meses de debate, de projeto e de um esforço que o governo fez para viabilizar o orçamento. É inexplicável a situação de São Paulo, a maior cidade do Brasil. Agora a palavra é do comitê paulista, que tem de arrumar uma alternativa para não ficar fora de um evento que vai mobilizar o país”. Para ele, a decisão do COL e da Fifa exige um posicionamento do comitê paulista.
Enquanto os paulistas se viram para arrumar um estádio, para que não fiquem de fora da festa em 2014, Lacerda garante que Belo Horizonte trabalha para se destacar na Copa do Mundo: “Nós estamos estruturando a cidade para receber qualquer um dos 64 jogos da competição. Se der para a abertura ser um deles, ótimo, pois teremos condições para isso”.
Um posicionamento oficial sobre o local da partida de abertura, ele garante que só será dado pelo Comitê de Belo Horizonte e pelo Núcleo Gestor de Copas do Governo do Estado, quando se tiver uma definição oficial. “O que se tem, até agora, é muita especulação. A Fifa ainda não decidiu onde será a abertura. Não adianta ficar falando sobre hipóteses. Quando houver confirmação, vamos nos posicionar”, disse Lacerda.
O maior ponto fraco da capital para receber a abertura da Copa, que é a rede hoteleira, nesta semana deu um sinal de que passa por um período crítico. Na segunda-feira, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), transferiu o Troféu José Finkel de Belo Horizonte para o Rio de Janeiro. Para a mesma data, em setembro, está agendado o Congresso Mundial de Cardiologia. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, há projetos em andamento para que Belo Horizonte tenha leitos suficientes durante a Copa de 2014.
De acordo com o presidente do Núcleo Gestor da Copa 2014, Tadeu Barreto, Belo Horizonte continua na briga pela abertura do Mundial e a Copa das Confederações. “Já éramos candidatos fortes e continuamos a ser”, afirmou. Ele reconheceu que hoje a rede hoteleira de Belo Horizonte não é suficiente, mas estará apta para receber grandes eventos em 2013 e 2014.
...Fonte :"Jornal Hoje em Dia"

16 de junho de 2010

Estudantes fazem manifestação pelo meio-passe no Centro



Estudantes de escolas públicas e privadas do ensino básico e superior realizam, nesta quarta-feira (16), uma manifestação para cobrar agilidade na análise das propostas de projetos do meio-passe.
Cerca de 100 estudantes estão concentrados na Praça 7, no Centro de Belo Horizonte, e outros 200 manifestantes se deslocam do Colégio Estadual Central para o local. O presidente da Associação Metropolitana dos Estudantes Secundaristas da Grande Belo Horizonte (AMES-BH), Gladson Reis, espera que mais de 2 mil manifestantes sigam para a prefeitura durante esta tarde.
De acordo com a Polícia Militar, a concentração dos estudantes até o momento é pacífica e, segundo a BHTrans, não atrapalha o trânsito.
...Fonte :"Jornal Hoje em Dia"

Aberto novo posto do cartão BHBus, no Parque Municipal

Idosos podem retirar o cartão Master de terça a sábado, das 7 às 17 horas

Os idosos com mais de 65 anos que querem fazer o cartão BHBus Master, para terem acesso à parte de trás dos ônibus sem pagar nada, têm agora mais um posto de cadastramento. A nova unidade começou a funcionar nesta terça-feira (15), na área interna do Parque Municipal, no prédio do antigo Colégio Imaco, de terça a sábado, das 7 às 17 horas.
O novo local se soma à lista de pontos de cadastramento e emissão existentes na Savassi (Rua Professor Morais, 216), no Barreiro (Rua Flávio Marques Lisboa, 345, 3º andar) e em Venda Nova (Rua Padre Pedro Pinto, 2.277, loja 504).
Para conseguir o Cartão BHBus Master é preciso apresentar, além de um comprovante de endereço recente (últimos três meses) que tenha chegado pelo correio, o documento de identidade original e o xerox. O posto no prédio do antigo Colégio Imaco, que substituiu o da Rua Caetés (embora este ainda não tenha previsão para ser desativado), ampliou de quatro para dez o número de guichês de atendimento e oferece estrutura para comportar cerca de cem pessoas assentadas.
Mas, assim como a maior parte dos estabelecimentos comerciais que fecham as portas para assistir aos jogos da Seleção Brasileira em época de Copa do Mundo, o funcionamento dos postos também será interrompido. Por isso, fique atento aos horários. Quando os jogos acontecerem às 11 horas, o funcionamento será das 7 às 10 horas e das 14 às 17 horas. Já quando o Brasil entrar em campo às 15h30, o posto vai operar das 7 às 14 horas.
Para o aposentado Sílvio Francisco Neto, 87 anos, demorou muito para as empresas de ônibus perceberem a necessidade do livre acesso dos usuários com 65 anos à parte de trás. “Felizmente, para mim, não foi tarde demais. Agora é sair de casa sem medo de ficar todo amarrotado”, comemora.
Informações no www.transfacil.com.br ou pelos telefones (31) 3248-7300 e 3379-5530.
...Fonte :"Jornal Hoje em Dia"

Torcedores festejam vitória do Brasil nas Arenas das Comemorações de BH

O desempenho da Seleção Brasileira em sua estreia na Copa do Mundo da África do Sul não deixou a torcida verde-amarela animada nas Arenas das Comemorações de Belo Horizonte, mas isso não impediu a festa que os torcedores fizeram com a vitória sofrida de 2 a 1 sobre a Coreia do Norte, nesta terça-feira, dia 15, em Joanesburgo. Com o resultado, o Brasil lidera o grupo F com três pontos, dois a mais que Portugal e Costa do Marfim, adversário do time de Dunga no domingo.
O prefeito Marcio Lacerda acompanhou a partida de estreia do Brasil na Praça da Estação. Segundo ele, está tudo muito bem organizado para a população da capital torcer para o Brasil nas Arenas das Comemorações. “Nós temos aqui uma conjunção de futebol e alegria e tudo aberto para o povo. É um excelente treinamento para a realização da Copa do Mundo em Belo Horizonte. Acredito que o espaço está com uma ótima estrutura e faremos o melhor para 2014”, disse.
A iniciativa da Prefeitura de Belo Horizonte em montar as estruturas para a população durante a Copa do Mundo empolgou os frequentadores.


 

Jornais europeus criticam atuação do Brasil contra a Coreia do Norte

Seleção Brasileira cumpre a obrigação e vence a frágil Coreia do Norte na estreia. Time ainda precisa melhorar para sonhar com hexa, mas já garante vaga com nova vitória no domingo
A seleção brasileira foi criticada nesta quarta-feira (16) pelos principais jornais europeus, que citaram a atuação pouco inspirada do time de Dunga na vitória por 2 a 1, contra a Coreia do Norte, na estréia de ambos os países na Copa do Mundo.
O diário espanhol As destacou Maicon, lembrando que o meia Kaká, do Real Madrid, foi muito apagado durante a partida.
...Fonte: "r7.com"

15 de junho de 2010

Estreia do Brasil na Copa promete animar torcedores nas Arenas das Comemorações

As arenas das comemorações transmitem na terça-feira, dia 15, o primeiro jogo da Seleção Brasileira na Copa do Mundo Fifa 2010, que acontece na África da Sul. A partida entre Brasil e Coreia do Norte será às 15h30, mas os espaços ficarão abertos das 8h às 22h, inclusive exibindo os jogos entre Nova Zelândia e Eslováquia, às 8h30, e Portugal e Costa do Marfim (11h). O jogo entre portugueses e marfinenses, inclusive, faz parte do grupo do Brasil.
...Fonte: "Prefeitura de BH"

14 de junho de 2010

Vila Viva chega ao Aglomerado Santa Lúcia

O prefeito Marcio Lacerda assinou na sexta-feira, dia 11, na abertura do Feirão Caixa da Casa Própria, no Expominas, um contrato de financiamento com a Caixa Econômica Federal no valor de R$ 262 milhões. O objetivo, de acordo com o prefeito, é aplicar este valor na urbanização de aglomerados, como o Santa Lúcia, e retirar pessoas que residem em áreas de risco, bem como construir escolas, postos de saúde e demais equipamentos para atender a população destes locais.
Além do reassentamento de famílias que residem em áreas de risco e da construção destes equipamentos, há a previsão também de que parte desta verba seja aplicada em obras de contenção de enchentes em alguns córregos com recorrência de transbordamento em períodos chuvosos. “O que assinamos aqui hoje é um contrato que visa melhorar a vida da população, especialmente aqueles que não tem acesso à moradia adequada ou os que vivem em áreas inapropriadas ou de risco. A urbanização de aglomerados, que já vem sendo feita na Serra, através do Vila Viva, será também expandida, o que trará grandes benefícios”, disse Marcio.
O Vila Viva é um programa da Prefeitura de Belo Horizonte que engloba obras de saneamento, remoção de famílias, construção de unidades habitacionais, erradicação de áreas de risco, reestruturação do sistema viário, urbanização de becos, implantação de parques e equipamentos para a prática de esportes e lazer em aglomerados e favelas da cidade.
As intervenções do programa estão melhorando a qualidade de vida de cerca de 179 mil moradores dos aglomerados da Serra e Morro das Pedras e das vilas Califórnia, São José, Pedreira Prado Lopes, Taquaril, São Tomás, Aeroporto, Cemig e Alto das Antenas, além dos moradores do entorno das avenidas Santa Terezinha e Belém, e do Complexo Várzea da Palma, o que representa 38% do total da população de vilas e favelas. O programa também engloba ações de promoção social e desenvolvimento comunitário, educação sanitária e ambiental e criação de alternativas de geração de trabalho e renda.

Feirão Caixa da Casa Própria

A abertura do Feirão Caixa da Casa Própria foi a última etapa da sexta edição do programa. Belo Horizonte é a décima terceira e última cidade a receber o evento. Cerca de 26 mil imóveis estão disponíveis para financiamento, entre usados, novos e ainda na planta. Deste total, 5.055 são imóveis do programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal, 5.380 de recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimos e 15.770 imóveis usados.
O Feirão de Belo Horizonte conta com a participação de 26 construtoras e 30 imobiliárias, além de outros parceiros. A expectativa da Caixa é de que sejam movimentados, durante os três dias do evento (o Feirão vai até domingo, 13), recursos da ordem de R$ 450 milhões, ultrapassando a movimentação do ano passado, de aproximadamente R$ 337 milhões, em decorrência de 4.386 negócios realizados na feira.

Como participar

O interessados em adquirir um imóvel no feirão devem comparecer ao Expominas, no bairro Gameleira, até domingo, munidos de carteira de identidade, CPF, comprovante de renda e de residência. O mutuário irá calcular e visualizar vários cenários e valores, entre os quais poderá escolher a opção mais viável, de acordo com o rendimento familiar. No portal da Caixa na internet, também é possível acessar este simulador habitacional. O endereço é www.caixa.gov.br.

11 de junho de 2010

Centros de saúde abrem no sábado para campanha contra pólio e H1N1


O gol mais importante do Brasil em 2010 vai ser bem longe da África do Sul: o combate à paralisia infantil. Em Belo Horizonte, o jogo contra a pólio será no Parque Aggeo Pio Sobrinho (avenida Professor Mário Werneck, 2.691, bairro Buritis, na região Oeste). No local, acontece no sábado, dia 12, a abertura oficial da primeira etapa da Campanha de Multivacinação Infantil, às 9h. O lema da campanha é “Vacinou. É gol”.
No dia da Campanha de Multivacinação Infantil, os 147 centros de saúde da capital também vão vacinar contra influenza A (H1N1) os grupos prioritários que não atingiram a meta de 80% de cobertura preconizada pelo Ministério da Saúde: crianças de 2 anos a 5 anos incompletos (6,4%); população de 30 a 39 anos (56,6%) e gestantes (74,2%). Até agora, a Prefeitura já vacinou mais de um milhão de pessoas contra a H1N1 na capital, o que representa uma cobertura total de 88%.
Além de vencer a luta contra a poliomielite e outras doenças, as crianças que forem levadas pelos pais ao Parque Aggeo Pio Sobrinho vão participar de várias atividades esportivas e de lazer, como a Rua de Lazer do Sesc e a prática da ginástica chinesa Lian Gong, com a equipe do Centro de Saúde Palmeiras. Também está confirmada a presença dos personagens Zé Gotinha e Maria Gotinha e dos mascotes Raposão (Cruzeiro), Coelhão (América) e Galo Doido (Atlético).
A meta da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) é vacinar 161.991 crianças menores de cinco anos. Além da vacina Sabin, contra a poliomielite, vão ser disponibilizadas as vacinas contra hepatite B (a partir do nascimento); tetravalente (DPT - difteria, coqueluche e tétano - e haemophilus, contra meningite), a partir de dois meses; febre amarela (a partir de nove meses); triviral (de um ano até cinco anos incompletos); DPT (1º e 2º reforço); rotavírus (a partir de dois meses); meningocócica C (a partir de dois meses) e pneumocócica 10 (a partir de dois meses). Na primeira etapa da Campanha de Multivacinação Infantil deste ano estarão envolvidos 3.300 profissionais da SMSA.

Distribuição

Para atingir a meta de cobertura vacinal, foram distribuídas 301.890 doses das vacinas em 382 postos de vacinação espalhados pelas nove regionais de Belo Horizonte, sendo 178 mil doses da vacina Sabin; 30 mil da triviral; 19.670 da hepatite B; 15 mil da tetravalente; 8 mil para febre amarela; 9.920 da DPT; 18 mil para pneumocócica 10; 8 mil da meningocócia C e 8 mil doses de vacina contra rotavírus.
Em 2009, a cobertura vacinal da primeira etapa atingiu 87%, com 140.487 crianças vacinadas. A cobertura da segunda etapa foi de 83%, com 134.249 crianças imunizadas. O Brasil recebeu o certificado de erradicação da poliomielite em 1994. O último caso no país foi registrado na cidade de Sousa (PB), em 1989. Os últimos casos registrados em Belo Horizonte e Minas Gerais foram em 1987.
...Fonte: "Prefeitura de BH"

Hiperidrose

Você já viu uma pessoa com aquela roda imensa de suor na camisa ou na blusa, na região das axilas? E pés que não param em chinelos e sandálias, deslizando por causa do suor? Já apertou uma mão suada e fria, como se fosse um sinal de constrangimento ou nervosismo? Pois é, tudo isso pode ser causado pela hiperidrose, uma desordem caracterizada por suor excessivo e que afeta aproximadamente 1% da população mundial.
O problema geralmente ocorre nas mãos (hiperidrose palmar), nos pés (hiperidrose plantar) e nas axilas (hiperidrose axilar), podendo se manifestar também na face e no couro cabeludo (hiperidrose crânio-facial). Ainda não se sabe exatamente quais são suas causas.
“Suar em bicas” é uma expressão muito usada por quem sofre com o problema. Há dois tipos de tratamento para ele: o clínico, que é paliativo, de efeito temporário ou mesmo nulo, e o cirúrgico, através do qual a hiperidrose pode ser curada ou amenizada retirando-se os nervos que regulam a sudorese das mãos, axilas e rosto. O procedimento é chamado de simpatectomia, e exige anestesia geral. O método, porém, não serve para a sudorese plantar e não está indicado para o tratamento da sudorese excessiva, que envolve todo o corpo.
Existem dois tipos de hiperidrose: a primária, que é causada pelo aumento da atividade do sistema nervoso simpático, e a secundária, consequência de outros problemas de saúde, como o hipertireoidismo. Daí a necessidade de o diagnóstico e o tratamento envolverem especialistas de diversas áreas para a correta diferenciação entre os dois tipos. A indicação de tratamento cirúrgico é apenas para a hiperidrose primária.
Para quem é portador, o excesso de suor independe do clima e da situação. Ele sua toda hora. Embora o problema se agrave quando o doente está nervoso. A hiperidrose é uma doença benigna, com a qual o paciente pode conviver a vida inteira, sem perigo de morte, mas os prejuízos psicológicos são grandes. As pessoas ficam envergonhadas e não querem mais sair de casa, com medo de se expor.
...Fonte: "arcauniversal.com.br"

Copa da África do Sul começa com música e festa do povo


Com muita música e festa dos sul-africanos. Foi assim que a Copa do Mundo de 2010 foi aberta oficialmente nesta quinta-feira (10), em Johanesburgo, na África do Sul. Ao som de artistas internacionais como Black Eyed Peas e Shakira, e músicos locais, como o cantor Vusi Mahlasela, o público presente ao Orlando Stadium, no Soweto, deu as boas vindas à primeira Copa do Mundo no continente africano. O Brasil não teve artistas no evento, mas foi representado pelo ex-craque Sócrates.
Com muita música e festa dos sul-africanos. Foi assim que a Copa do Mundo de 2010 foi aberta oficialmente nesta quinta, em Johanesburgo, na África do Sul. Ao som de artistas internacionais como Black Eyed Peas e Shakira, e músicos locais, como o cantor Vusi Mahlasela, o público presente ao Orlando Stadium, no Soweto, deu as boas vindas à primeira Copa do Mundo no continente africano. O Brasil não teve artistas no evento, mas foi representado pelo ex-craque Sócrates.
Antes da festa dos músicos começar, o presidente da FIFA, Joseph Blatter, e da África do Sul, Jacob Zuma, discursaram para inaugurar oficialmente o evento. "Futebol não é só um jogo. Futebol é a conexão de pessoas. Música e ritmo", disse Blatter, adiantando o tom da festa.
"Quero agradecer aos sul-africanos pelo calor demonstrado com os atletas. A África vai mostrar ao mundo que é capaz de lidar com qualquer assunto. A África está sediando este torneio. A África do Sul é um palco. Vamos nos divertir", decretou Zuma, antes de ceder o palco ao grupo pop norte-americano Black Eyed Peas.
O conjunto embalou o público ao som de hits como 'I got a feeling' e 'Where's the Love?'. Quem também fez a festa dos sul-africanos foi a dupla malinesa de cantores cegos Amadou & Mariam. Com um ritmo baseado em música tradicional africana, o casal animou a festa.
A festa ainda contou com a cantora colombiana Shakira, que levou o público ao delírio com seu ritmo dançante, o clássico da música pop 'Hips don't lie' e a música oficial da Copa do Mundo, 'This time for Africa'.
Para encerrar, os artistas voltaram ao palco para, juntos, cantarem a última música do evento.

Confusão na Cidade do Cabo

Enquanto o evento era realizado em Johanesburgo, uma confusão deixou seis pessoas feridas na 'Fan Zone' da Cidade do Cabo. Antes da abertura dos portões, a multidão forçou a entrada na área destinada aos torcedores assistirem aos jogos fora do estádio, ocasionando o tumulto.
...Fonte: "Jornal Hoje em Dia"

10 de junho de 2010

Falta do equipamento fez Contran adiar início da exigência da cadeirinha

Prevista para entrar em vigor na quarta-feira (9), a obrigatoriedade do uso de cadeirinhas ou assentos de elevação para crianças com até 7 anos e meio nos carros de passeio foi prorrogada pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) para 1° de setembro deste ano. A escassez dos produtos no mercado, provocada pela corrida às lojas em busca dos equipamentos de segurança, foi o principal motivo para a mudança. Os pais que não fizerem o transporte adequado dos filhos estão sujeitos a uma multa de R$ 191,54, mais sete pontos na carteira, além da retenção do veículo.
Alguns produtos estavam em falta no mercado por conta da exigência, como o assento de elevação (booster), para crianças entre 4 e 7 anos e meio. O equipamento não tem encosto e é usado para que a criança fique na altura adequada para utilizar o cinto de segurança. A procura extra para não ficar fora da lei zerou os estoques das lojas.
O bancário Sérgio Maurício de Andrade, 44 anos, conta que já procurou a cadeirinha em três lojas de BH para sua filha Luane, 5 anos. “Meu nome está na lista de espera, mas tem mais de 30 pessoas na minha frente”, revela. O caso de Sérgio não é único. Segundo Ana carolina de Paula Ferreira, gerente da Loka Baby, no Bairro Caiçara, Região Noroeste de BH, 42 pessoas aguardam na lista pela chegada do produto. “Não há como atender a todos neste momento. Estamos listando os nomes para entrar em contato posteriormente”, promete.
Quando a fiscalização começar em setembro, o selo de certificação do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) - uma das poucas garantias dos pais para a confiabilidade da segurança do produto - não será exigido pelo Contran. O órgão também vai dispensar o uso da cadeirinha no transporte público, como em ônibus, táxis e veículos escolares. Em Belo Horizonte, a fiscalização será feita pela Guarda Municipal e pelo Batalhão de Trânsito da Polícia Militar.
...Fonte: "Jornal Hoje em Dia"

Prefeitura e BDMG mostram oportunidades de negócios em infraestrutura


A Prefeitura de Belo Horizonte expôs nesta quarta-feira, dia 9, no auditório do Banco de Desenvolvimento do Estado de Minas Gerais (BDMG), para empresários e investidores, oportunidades de negócios em infraestrutura para a cidade. Em março, a PBH havia assinado convênio de cooperação com o BDMG, com o objetivo de estruturar projetos de concessões e Parcerias Público-Privadas (PPPs). A reunião já é fruto desta parceria e, na ocasião, grandes projetos de melhorias para a capital foram apresentadas.
O prefeito Marcio Lacerda falou das iniciativas da PBH e de projetos de grande impacto na cidade para os quais a Prefeitura pretende contar com projetos de concessões e PPPs para sua concretização. Marcio enfatizou também o planejamento estratégico para o progresso de Belo Horizonte em seus dois níveis - um relacionado ao programa BH Metas e Resultados, com ações previstas para sua gestão, em curto prazo, e o planejamento de Belo Horizonte que visa melhorias necessárias para a cidade até 2030. “É muito válido focarmos nesta visão de futuro, no que queremos para a nossa cidade daqui a 20 anos, para nos planejarmos desde já e trabalharmos para isso”, complementou.
A consultora técnica da Secretaria de Políticas Urbanas, Maria Caldas, apresentou dois projetos de grande porte para a cidade: o Centro de Convenções, a ser construído ao lado do Minas Shopping que contará com hotel e um espaço multi-uso; e uma alternativa para a utilização do Mercado Distrital do Cruzeiro, com a revitalização do Parque Amilcar Viana, em frente ao espaço.

O secretário municipal de Saúde, Marcelo Teixeira, apresentou um detalhamento do projeto do Hospital Metropolitano do Barreiro. Quanto à função deste equipamento, o secretário esclareceu que ele será destinado a ser uma referência de atendimento de urgência e emergência no eixo sul da cidade e também para municípios do entorno. “É bom deixar claro que, hoje, o hospital conta com projeto arquitetônico e projetos complementares, como elétricos e hidráulicos, realizados. Já está contratada a primeira etapa da obra. A ordem de serviço foi dada agora na última semana”, acrescentou o secretário.
O presidente da BHTrans, Ramon Victor, expôs também o detalhamento de mais três projetos da Prefeitura que pretendem contar com concessão ou PPP: o novo terminal rodoviário, a ser construído junto à estação São Gabriel, dois terminais de BRT’s, a serem implantados em dois dos principais corredores de tráfego da capital e um conjunto de estacionamentos subterrâneos, para os quais os locais ainda não foram decididos. Alguns locais sugeridos por Ramon foram a área hospitalar, as proximidades da Praça Tiradentes e a região da Savassi, cuja procura por vagas de estacionamento registra maiores índices.
...Fonte: "Prefeitura de BH"

9 de junho de 2010

Prefeitura entrega títulos de propriedade para moradores do Conjunto Confisco


Dentro das atividades que integraram o programa O Prefeito na Regional, Marcio Lacerda entregou, na Escola Municipal Anne Frank (rua K, 445, bairro Confisco), 630 títulos de propriedade a moradores do Conjunto Habitacional Confisco, na região da Pampulha. Na solenidade, Marcio e outras autoridades presentes entregaram sete títulos de propriedade a moradores, que representaram todos os outros beneficiários presentes.
“É difícil explicar o que estou sentindo nesse momento. Tudo que fizemos e tudo que passamos nesse momento vale a pena”, disse o aposentado e beneficiado Marcos Evangelhista, de 61 anos, que há mais de 30 mora na região.
O trabalho de regularização, desenvolvido pela Companhia Urbanizadora de Belo Horizonte (Urbel), foi realizado com recursos obtidos no Orçamento Geral da União, no valor de R$ 153 mil, beneficiando 1.423 domicílios e aproximadamente 4.310 pessoas.
A conquista das escrituras dos imóveis era um sonho antigo dos moradores. O Conjunto Confisco foi implantado pela Companhia de Habitação de Minas Gerais (Cohab) entre os anos de 1989 e 1992, por intermédio do Programa Comunitário de Habitação Popular (Pró-Habitação).
“O lema da Prefeitura de Belo Horizonte sempre foi respeito e o trabalho que vem sendo feito tem esse objetivo. A melhora da condição de vida de cada morador dessa região é um compromisso social em nossa gestão. Essa comemoração acontece graças à luta de cada morador do Confisco”, afirmou o prefeito Marcio Lacerda.
Em outubro de 2008, a Assembléia Legislativa aprovou proposta de lei autorizando a doação pelo Estado da área de 286.724,24 metros quadrados para o município de Belo Horizonte. Além da transferência do imóvel, a lei estadual aprovada (número 17.617), também estabeleceu que caberia ao município a responsabilidade pelo levantamento topográfico e cadastral dos lotes e de seus ocupantes, bem como o encargo financeiro para a regularização fundiária, titularidade dos lotes e moradias.
“A Urbel, juntamente com a Prefeitura, deseja que todos os moradores do Conjunto Habitacional Confisco tenham um futuro melhor do que foi aquele passado triste que todos conhecemos”, comentou o diretor-presidente da Urbel, Claudius Vinicius.

Estatuto da cidade

A legalização das áreas de interesse social, vilas e favelas estão previstas no Estatuto da Cidade é uma forma de inclusão destes locais à cidade formal. Com a regularização, o morador se torna proprietário do imóvel, além de conquistar um endereço oficial reconhecido pela cidade e pelas concessionárias de serviços públicos. Outras vantagens são a valorização do imóvel, o acesso a linhas de financiamento de instituições financeiras e isenção do IPTU por dez anos a partir da emissão da escritura.

Barulhos noturnos atrapalham desempenho das pessoas pela manhã

Ruídos noturnos de aviões, trens e carros atrapalham o sono e prejudicam o desempenho das pessoas pela manhã, revelou um estudo que será apresentado nesta semana na conferência anual da Associação dos Profissionais do Sono (LCC).
Segundo a pesquisa, o som provocado pela passagem de um trem foi o que mais atrapalhou o despertar e a excitação dos voluntários, seguido pelo trânsito de carros e pelo barulho do avião.
Segundo Eva-Maria Elmenhorst, pesquisadora do Instituto de Medicina Aeroespacial de Colônia, “o estudo sugere que o barulho do trânsito pode atrapalhar o sono e impedir a recuperação da pessoa".
- A pesquisa reforça a importância de um ambiente quieto para um sono saudável e tranquilo.
Elmenhorst observou que o ruído do tráfego noturno pode causar efeitos mais fortes no desempenho das pessoas são suscetíveis aos distúrbios no sono. Os grupos de risco incluem crianças, trabalhadores de horários alternativos, idosos e pessoas com doenças crônicas.
O estudo foi feito com 72 pessoas com idade média de 40 anos. O sono delas foi monitorado por meio de polissonografia durante 11 noites seguidas. As gravações de ruídos de aviões, automóveis e trens foram tocadas no laboratório enquanto eles dormiam.
Cada modo consistia de oito diferentes níveis de ruído, tocados em cinco níveis de pressão, que iam de 45 a 65 decibéis, de um total de 40 eventos barulhentos.
O estudo foi projetado para que os participantes fossem expostos a até três modos de ruídos de trânsito a cada noite, produzindo entre 40 e 120 eventos barulhentos.
A pesquisa também incluiu uma noite de controle, sem qualquer tipo de ruído. A cada manhã, depois de acordar, os participantes fizeram um teste de vigilância psicomotora, de busca na memória e tiveram o desempenho neurocomportamental medido.
Segundo a Academia Americana de Medicina do Sono, o barulho provocado pelo trânsito causa reclamações de insônia ou sonolência diurna.
...Fonte: "r7.com"

8 de junho de 2010

Manutenção de áreas verdes em destaque

Encerrando com chave de ouro as comemorações da Semana do Meio Ambiente em Belo Horizonte, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA) lança nesta terça-feira, dia 8, o edital do Concurso Cidade Jardim 2010. Chegando à décima edição, a premiação acontece anualmente e elege as áreas verdes públicas mais bem cuidadas da cidade. O lançamento oficial do concurso será feito durante reunião extraordinária do Conselho Municipal de Meio Ambiente (Comam) no auditório da Casa de Educação Ambiental do Jardim Zoológico da Fundação Zoobotânica de Belo Horizonte (avenida Otacílio Negrão de Lima, 8.000, Pampulha), que também estará sendo reinaugurado.
Criado no ano de 2000, o Concurso Cidade Jardim prevê a premiação de uma área para cada uma das oito categorias pré-definidas de áreas verdes. Cinco delas são relativas a áreas adotadas. Serão avaliados parques, canteiros centrais de avenidas e praças com área menor do que 500 m2, com área entre 500 e 5.000 m2 e com área maior do que 5.000 m2. Também serão avaliadas três áreas não adotadas, ou seja, mantidas pela própria PBH (parques, canteiros centrais de avenidas e praças). Serão ainda previamente definidas pela SMMA premiações hors concours para áreas que venham se destacando, sistematicamente, no contexto geral da cidade, pela qualidade dos serviços de manutenção nelas realizadas.
Segundo a gerente de Gestão Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Márcia Mourão, a qualidade das áreas indicadas para participação no evento vem melhorando a cada ano, o que demonstra a efetividade do projeto na obtenção de seu objetivo maior: o aprimoramento das áreas verdes públicas da cidade.
...Fonte: "Prefeitura de BH"

7 de junho de 2010

Ponto de acesso livre à internet é ativado no Aquário de Belo Horizonte


Quem visitar o Aquário Temático de Belo Horizonte, que fica no Jardim Zoológico, contará com um ponto de acesso livre à internet, mais um hotspot. A tecnologia ativada faz parte do projeto BH Digital, que prevê a implantação de 50 pontos na cidade até 2012. O projeto está vinculado à área de resultado Modernidade, integrante do programa BH Metas e Resultados. Outro espaço também beneficiado com a o acesso na região da Pampulha é o Parque Ecológico Francisco Lins do Rego, conhecido como Parque Ecológico (avenida Otacílio Negrão de Lima, 7.111). O Aquário Temático conta também com um monitor para a exibição da TV Conecta BH.
De acordo com o gerente de Engenharia de Rede da Prodabel, Gersson Pinheiro Machado, criar um espaço para acesso gratuito à internet sem fio no Aquário é importante, pois este é o segundo local da região selecionado para proporcionar inclusão digital para seus visitantes. Ele acredita que a equipe do projeto tem caminhado na direção certa. “A ideia é dotar as praças, os prédios públicos, as vilas e os locais turísticos de Belo Horizonte de áreas de hotspot, construindo uma verdadeira cidade digital”, ressaltou.
Ao todo, Belo Horizonte possui 31 áreas de hotspots e a estimativa de acesso à internet em cada local é de 40 usuários por dia. Segundo o diretor de rede da Prodabel, George Machado, a meta é atingir um total de 40 hotspots ainda em 2010. “Estamos elaborando projetos para o Mercado Central, para a sede das regionais, para a Procuradoria Geral do Município, para as Estações BH Bus Diamante e Vilarinho, entre outros”, salientou.

Como acessar?

Nos hotspots, quem possuir um notebook ou um computador de mão, com placa de rede sem fio, ou um celular com WiFi, pode acessar a internet gratuitamente e navegar por tempo indeterminado no site da Prefeitura e por tempo limitado a duas horas diárias em outras páginas. Para isso, basta preencher um cadastro, que é exibido automaticamente, e informar o nome de usuário e senha, um procedimento simples e rápido.

Confira os pontos de Hotspot em Belo Horizonte

Secretaria Municipal de Educação
Secretaria Municipal de Planejamento
Arquivo Publico
Centro de Apoio Comunitário (CAC) Alto Vera Cruz
BHTrans
Cafezal
Centro de Cultura
Centro de Referência Audiovisual (Crav)
Centro de Recondicionamento de Computadores (CRC)
Prédio da rua Espirito Santo, 605
Teatro Francisco Nunes
Fundação Municipal de Cultura
Instituto Martinho Lutero
Praça da Liberdade
Morro do Papagaio
Palácio das Artes
Parque da Mangabeiras
Parque Ecológico da Pampulha
Parque Municipal
Sede da Prefeitura
Praça da Assembléia
Praça da Estação
Praça do Papa
Praça Sete
Regional Leste
Rodoviária
Gráfica PBH
SLU- Nordeste
Sede da Guarda Municipal
Aquário Temático de Belo Horizonte
Prodabel